Lua_ +
  _Receitas Jeito e Talento       _Piadas Jeito e Talento                  
                 
  CURIOSIDADES DE ANIMAIS
CURIOSIDADES DE ANIMAIS
 
BICHOS, CUIDADOS, PET, SHOP, DINOSSAUROS, PERIGOS, COBRAS, SERRPENTES, EXTINÇÃO, ANIMAIS EXÓTICOS...

menu curiosidades TIPOS DE DINOSSAUROSFÓSSIL DE MAIOR DINOSSAURO COM PENAS É DESCOBERTO NA CHINAVAGA-LUMEPULGAS GIGANTES PERTURBAVAM OS DINOSSAUROS HÁ 150 MILHÕES DE ANOSA FUNÇÃO DAS COBRAS NA NATUREZAPERFIL DA RAÇA DE CÃES: PASTOR ALEMÃOO JACARÉ-DE-PAPO-AMARELOQUAL O ANIMAL MAIS FORTEDINOSSAURO SEDUZIA PARCEIRA COM PENAS BRILHANTES, 130 MILHÕES DE ANOS ATRÁSQUAL O ANIMAL COM O OLFATO MAIS AGUÇADODINOSSAUROSALGUNS ANIMAIS EXTINTOSA FAUNA DAS REGIÕES POLARESGATOS - VOCÊ SABIA?A FAUNA DAS REGIÕES POLARES - A FAUNA DAS REGIÕES POLARES - ContinuaçãoANIMAIS EM RISCO DE EXTINTIÇÃO NO BRASILTRILHAS DE JEEP - UM ANIMAIS RADICAL<PERFIL DA RAÇA DE CÃES: PEQUINÊSPERFIL DA RAÇA DE CÃES: ROTTWEILERPERFIL DA RAÇA DE CÃES: POODLEQUANTAS HORAS CADA ANIMAL DORME POR DIACURIOSIDADES SOBRE COBRAS

RELACIONADOS: CURIOSIDADES RECEITAS FOTOS
 
 
17 - DINOSSAUROS _Enigmas JT_treine seu raciocínio _Sartori Informática_micros-cursos-internet à rádio
 

 

"Os dinossauros constituem um grupo de diversos animais membros do clado e da superordem dos arcossauros. Eles apareceram no período Triássico a pelo menos 230 milhões de anos atrás. Durante 135 milhões de anos, estes vertebrados se tornaram o grupo dominante do Planeta Terra, num período geológico de tempo que vai desde o início do Jurássico (cerca de 200 milhões de anos atrás) - após a Extinção do Triássico-Jurássico que eliminou a maioria de seus concorrentes pseudosuchia - até o final do Cretáceo (cerca de 65 milhões de anos atrás), quando um evento ocasionou a Extinção Cretáceo-Paleogeno, erradicados todos os dinossauros ao fim da era Mesozóica - com exceção dos dinossauros aviários.

A teoria mais aceita é que o meteorito encontrado na Cratera de Chicxulub, no México, foi o responsável pela extinção dos dinossauros. O registro fóssil indica que os pássaros evoluíram dos Terópoda durante o período Jurássico. Alguns deles sobreviveram ao evento de extinção do Cretáceo-Paleogeno, incluindo os ancestrais de todas as aves modernas. Conseqüentemente, nos sistemas de classificação modernos, as aves são consideradas um tipo de grupo de dinossauros.

Os dinossauros são um grupo variado de animais. As aves - mais de 9.000 espécies de seres vivos - são o grupo mais diversificado de vertebrados, além dos peixes perciformes. Usando evidência fóssil, os paleontólogos identificaram mais de 500 diferentes gêneros e mais de 1.000 espécies diferentes de dinossauros não-aviários. Eles estão representados em todos os continentes por todas as espécie existentes e pelos restos fósseis. Alguns são herbívoros, outros carnívoros. Muitos deles foram bípedes, outros pertencentes a grupos extintos foram quadrúpedes e alguns foram capazes de alternar entre essas posturas corporais. Muitas espécies possuíam estruturas como chifres ou cristas, e alguns grupos pré-históricos chegarem a desenvolver modificações esqueléticas, como armadura óssea e espinhas. Os dinossauros aviários foram os vertebrados dominantes do planeta desde a extinção dos Pterossauros. Evidências sugerem que todos os dinossauros antigos construíam ninhos e colocavam ovos da mesma forma que as aves fazem hoje. Estes animais variavam muito em tamanho e peso: os menores dinossauros adultos foram os terópode com menos de 50 centímetros de comprimento, enquanto as maiores saurópodes podiam chegar a uma altura de quase 60 metros.

Embora a palavra dinossauro signifique "lagarto terrível", o nome pode enganar já que os dinossauros não eram lagartos. Em vez disso, eles eram um grupo separado de répteis, com uma postura ereta distinta não encontrada em lagartos. Durante a primeira metade do século 20, a maior parte da comunidade científica acreditava que os dinossauros eram lentos, sem inteligência e com sangue-frio. No entanto, a maioria das pesquisas realizadas desde a década de 1970 indicaram que estes animais eram ativos, com elevado metabolismo e com numerosas adaptações para a interação social. Além disso, muitos grupos (especialmente os carnívoros) estavam entre os organismos mais inteligente do seu tempo.

Desde que os primeiros fósseis de dinossauro foram reconhecidos no início do século 19, os esqueletos feitos com fósseis ou réplicas destes animais foram as principais atrações em museus ao redor do mundo, tornando os dinossauros parte da cultura mundial. Sua diversidade, o tamanho de alguns grupos, e sua natureza aparentemente monstruosa e fantásticas tem capturado o interesse e a imaginação do público em geral por mais de um século. Eles foram apresentados em livros best-sellers e filmes como Jurassic Park, tendo suas novas descobertas regularmente noticiadas pela mídia."

www.curiosidades.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas

_Grife JT

 
  Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte COMO MANTER O SEU CÃOZINHO EM FORMA_dicas JT
 
  COMO PASSEAR COM SEU ANIMAL_dicas JT
Especial Jeito e Talento - Futebol  
  ...Fotos Mais JT_as mais belas fotos selecionadas...
 
 
18 - PULGAS GIGANTES PERTURBAVAM OS DINOSSAUROS HÁ 150 MILHÕES DE ANOS _Vizioli Imóveis_compra, venda, administração e locação _Enigmas JT_treine seu raciocínio
 

"É o que afirmam paleontólogos chineses e franceses, que estudaram nove fósseis extraordinários, retirados em escavações na Mongólia interior e na Província de Liaoning.

As fêmeas das pulgas ancestrais mediam mais de 20 mm, enquanto os machos tinham quase 15 mm, em comparação com um máximo de 5 mm das pulgas atuais.

As pulgas pré-históricas não tinham asas e, ao contrário de suas descendentes, não podiam saltar e tinham bocas comparativamente menores, acrescentou o estudo.

Mesmo sem esses atributos, elas eram extremamente adaptadas ao seu nicho ambiental.

Tinham patas que as habilitavam a se agarrar em répteis com pelos ou plumas, cujo couro era perfurado com um "sifão" longo e serrilhado para extrair o sangue.

Os insetos eram tão bem sucedidas que quando os dinossauros desapareceram da face da Terra, 65 milhões de anos atrás, uma extinção relacionada à queda de um meteoro, elas suavemente se adaptaram para sugar o sangue de mamíferos e aves, diminuindo de tamanho no processo.

O estudo, chefiado por Andre Nel, do Museu Nacional francês de História Natural, em Paris, foi publicado na edição do dia 29/02/12, da revista científica britânica Nature."



+
Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte

_Dicas|dicas jeito e talento

 
  Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas ZOOLÓGICO DE SÃO PAULO/SP_fotografando JT
 
  EXPOSIÇÃO "GIGANTES DA ERA DO GELO_fotografando JT
Especial Jeito e Talento - Casamentos  
  ...Portal Jeito e Talento_variedades...
 
 
19 - DINOSSAURO SEDUZIA PARCEIRA COM PENAS BRILHANTES, 130 MILHÕES DE ANOS ATRÁS _Enigmas JT_treine seu raciocínio _Portal Jeito e Talento_variedades
 

 

"Paleontólogos chineses e americanos afirmaram que a plumagem de um pequeno dinossauro, que viveu há 130 milhões de anos, brilhava. Esta é a primeira evidência de que esta característica desempenhou um papel-chave na sedução e na evolução das espécies.

Segundo um estudo publicado nesta sexta-feira (9) na revista Science, a iridescente plumagem deste microrraptor de quatro asas, carnívoro e parecido com um corvo, que vivia nas árvores do atual norte da China, tornava-o atraente no momento do acasalamento, como ocorre com as cores em aves modernas.

A pesquisa se baseou em um fóssil de microrraptor, descrito pela primeira vez como espécie em 2003, encontrado em 2010 no noroeste da China. O fóssil permite perceber o esqueleto de um dinossauro de quatro asas com uma longa cauda, parecida com um dos membros posteriores, adornada com penas diversas, quase tão longas quanto as penas das asas.

"O que temos aqui é um novo espécime desta espécie que prova a evidência mais antiga de iridescência em um dinossauro", disse uma das autoras do estudo, Julia Clarke, professora de paleontologia da Universidade do Texas, em Austin (Sul).

A iridescência, uma propriedade de determinadas superfícies que permite refletir as cores do arco-íris, está presente em muitos insetos, como borboletas, alguns peixes e aves, que devem suas cores peroladas a este fenômeno.

"Os pássaros existentes hoje usam suas penas coloridas para muitas coisas que vão desde o voo, camuflagem, termorregulação e sedução sexual", explicou à AFP Matt Shawkey, um professor de biologia na Universidade de Akron (Ohio, norte), que também participou do estudo.

Esta descoberta mostra que "a iridescência das cores era importante para a sedução na evolução", contou.

O paleontólogo salientou a importância deste fóssil microrraptor, que representa "muito claramente uma transição entre dinossauros e aves, os quais têm muitas características morfológicas".

"As características únicas das asas deste microrraptor também nos ajudam a entender a origem do voo", acrescentou.

Dos dinossauros possui os dentes, o formato das patas e sua longa cauda ossuda e estreita, precisou o pesquisador.

"Tem havido muita especulação sobre como as funções das penas do microrraptor se formavam superfícies para ajudar no voo ou se serviram apenas para seduzir", disse outro autor do estudo, Mark Norell, do Museu Americano de História Natural.

"Apesar de determinar a cor do animal, o mais importante foi descobrir que o microrraptor, como muitas aves modernas, provavelmente usava a sua plumagem ornamentada para dar sinais visuais para outros membros de sua espécie", explicou.

Graças a microscópios eletrônicos de varredura, os pesquisadores puderam analisar a forma dos menalossomas, células que produzem melanina, o pigmento que protege a pele da radiação solar, e, portanto, deduzir as cores produzidas.

"Com a descoberta de vários fósseis de pássaros, plantas e flores, sabemos que o Cretáceo (que começou há cerca de 145 milhões de anos e terminou há 65 milhões de anos) era um mundo colorido, e também descobrimos que o microrraptor tinha cores peroladas", ressaltou Ke-Qin Gao, da Universidade de Pequim, também autor do estudo.

"Há alguns anos atrás teria sido inconcebível conduzir uma investigação como esta", acrescentou."

www.curiosidades.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Turismo e Lazer

_Grife JT

 
  Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas PIADAS DE PAPAGAIO_piadas JT
 
  PIADAS DE PAPAGAIO_piadas JT
Especial Jeito e Talento - Carnaval  
  ...Receitas JT_faça você mesmo e saboreie...
 
 
20 - TIPOS DE DINOSSAUROS _Jogos Mais JT_os jogos mais divertidos _Enigmas JT_treine seu raciocínio
 

 

"O Tiranossauro Rex foi o maior de todos os dinossauros carnívoros e sem dúvida o mais assustador. Media até14m de comprimento e sua altura era equivalente a um prédio de dois andares. Ele foi também um dos últimos dinossauros a desaparecerem da terra.
Foi o maior predador de todos os tempos, uma máquina caçadora, com pernas muito musculosas para poder correr, dentes longos e curvos, capazes de furar com facilidade e mandíbulas enormes, que podiam abrigar um homem inteiro. Quando mordia suas vítimas ele não as largava mais. Seus dentes afiados e serrilhados chegavam a medir 20cm. Quando perdia um dente, logo outro nascia no lugar. Sua cabeça media cerca de 1,20m de comprimento e ele possuía cerca de 20 enormes dentes.


O Saichania pertencia ao grupo dos anquilossauros ou dinossauros couraçados. Possuía placas ósseas com espetos que lhe cobriam a cabeça , o pescoço , o dorso e a cauda, como também na parte ventral. As placas ósseas eram porosas e o seu interior era oco, portanto , bastante leves , o que permitia que o animal move-se com uma certa desenvoltura. Sua cauda terminava num grande volume ósseo , todavia era leve e flexível. O Saichania conseguia movimentá-la com rapidez de um lado para outro e a utilizava como uma temível arma de defesa, que poderia derrubar até um Tiranossauro. Viveu há aproximadamente 80 milhões de anos atrás, no deserto de Gobi, na Mongólia.


O Gastônia burgei cujo nome indica seus descobridores, Robert Gaston juntamente com Don Burge, viveu há aproximadamente 125 milhões de anos atrás durante o período Cretáceo nos Estados Unidos e podia atingir 5,5 metros de comprimento, 2 metros de altura e pesar 1 tonelada. Pertencia ao mesmo grupo do anquilossauro . Eles possuíam um arsenal completo de defesa contra os predadores, composto de espinhos gigantescos que poderiam atingir quase um metro de comprimento, restos de sua pele fossilizada demonstraram um complexo sistema de escamas grossas com encaixes precisos, a cabeça ficava sob uma proteção de osso sólido, embora fosse um herbívoro seu poderoso bico córneo era capaz de arrancar membros de pequenos e médios predadores como o Utahraptor , e em toda latetral de seu corpo, até a ponta do rabo, o Gastônia apresentava espigões que se encaixavam como uma tesoura e quando atacado o Gastônia poderia curvar ambos os lados do corpo alternadamente, produzindo um efeito esmagador entre seus espigões laterais que poderia cortar um pequeno predador ao meio e cortar membros de grandes predadores.


O Torossauro cujo nome significa "lagarto touro" foi encontrado pelo famoso paleontólogo Othiniel Charles March, e podia atingir até 8 metros de comprimento, dos quais quase 3 eram só da cabeça, a qual é o maior crânio dentre os animais terrestres conhecidos. O escudo e os chifres eram ótimas armas de defesa contra predadores porém eram também utilizadas em batalhas entre machos na disputa de fêmeas, escudo o qual acredita-se que fosse ornamentado de colorido que serviria para seduzir fêmeas e aterrorizar possíveis adversários. Os músculos do pescoço do Torossauro eram extremamente forte para aquentar o peso da enorme cabeça e juntamente com eles os das patas dianteiras. Os Torossauros viviam em enormes manadas para se defenderem dos grandes predadores de sua época, como por exemplo o Tiranossauro rex, a manada e uniria e formaria um parede de escudos e chifres com os mais fracos (filhotes, velhos e doentes) no interior dela.


O Centrossauro cujo nome significa "lagarto de ponta afiada", viveu há aproximadamente 65 milhões de anos atrás no final do período Cretáceo, possuía uma cabeça pesada com dois chifres pequenos no topo do crânio e um grande na ponta do nariz, ombros fortes e um rabo pequeno, como a maioria dos Ceratopsídeos, família a qual pertence.


O Amazonssauro cujo nome lembra a região onde foi encontrado, a Região Amazônica, viveu há aproximadamente 110milhões de anos atrás, no início do período Cretáceo, na região norte do Brasil. Cerca de 100 fragmentos ósseos foram encontrados às margens do rio Itapecuru, no município de Itapecuru Mirim, no Maranhão. O Amazonssauro pertence a superfamília dos saurópodes chamada Diplodocoidea, media pouco mais de 10 metros de comprimento e 5 metros de altura, chegando a pesar quase 20 toneladas. Em sua época a região era composta por extensas planícies freqüentemente alagadas, fato este verificado por outros fósseis encontrados junto ao Amazonssauros, que incluem até grandes dentes de carnívoros.



A descoberta foi realizada por pesquisadores da UFRJ, Ismar de Souza Carvalho e Leonardo dos Santos Ávilla, que juntamente com outros pesquisadores da Universidade Federal do Maranhão continurão realizando pesquisas na área.
Os Amazonssauros deveriam viver em pequenos grupos famíliares, compostos de adultos que adavam nas bordas da manada, deixando os menores ao centro para proteção. Seus enormes pescoços os ajudavam na alimentação, pois poderiam permacer parados, apenas movimentando o pescoço conseguindo assim cobrir uma grande área de pastagem, poderiam alcançar facilmente galhos altos de árvores, porém os Diplodóceos possuíam pescoços mais adaptados para comer vegetações rasteiras do que as de topo das árvores.


O Titanossauro era um dinossauro herbívoro, saurópode, que media cerca de l2 m de comprimento por 6 metros de altura, sendo considerado um dos maiores "dinossauros brasileiros" , reconhecido em diversas regiões do Brasil através de fósseis, dentes e ovos. O Titanossauro viveu a 100 milhões de anos atrás comendo folhas no topo das árvores há aproximadamente 6 metros de altura.


O Opisthocoelicaudia cujo o nome significa " ossos ocos na parte de trás da cauda ", viveu na Mongólia durante o período Cretáceo, era um dinossauro saurópode de porte médio, chegando a 12 metros de comprimento e 6 de altura, que para alcançar as copas das árvores apoiava-se nas pernas de traseiras e usava a cauda como apoio. em fósseis encontrados no deserto de Góbi, na Mongólia, havia marcas de dentes na perna fossilizada e faltava a cabeça do Opisthocoelicaudia, provavelmente algum predador mordeu a perna do Opisthocoelicaudia e esperou ele cair para depois devorá-los e talvez levar a cabeça embora..., ou então um carnívoro o encontrou morto e o comeu, só podemos deduzir algo assim, mas ter certeza do que realmente ocorreu provavelmente nunca teremos.


O Anatotitan foi um dinossauro do grupo conhecido como dinossauros-bico-de-pato ou hadrossauros. Tinha patas traseiras poderosas e com elas podia aplicar coices, suas patas dianteiras eram mais frágeis e delicadas. Pastava de quatro, mais poderia andar somente em suas patas traseiras, o que faria se fosse necessário correr. Na frente da mandíbula do Anatotitan formou-se um bico largo e longo. Atrás desse bico, haviam baterias de dentes e bochecha fortes. Tinha uma mastigação potente e uma boca com centenas de dentes. Foram achados esqueletos parciais de Anatotitan em riachos de Montana e Dakota do Sul, os paleontólogos sugeriram que o Anatotitan poderia um enorme Edmontossauro, por que foram achados vários fósseis de Edmontossauros próximos aos achados de Anatotitan porém os esqueletos de Edmontossauros eram todos 1 metro menor e pesavam uma tonelada a menos."

www.curiosidades.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Turismo e Lazer

_Tendas Global|tendas palcos gradios

 
  Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas PIADAS DE PAPAGAIO_piadas JT
 
  COMO ACABAR COM AS FORMIGAS NA COZINHA_dicas JT
Especial Jeito e Talento - Casamentos  
  ...Portal Jeito e Talento_variedades...
 
CURIOSIDADES SOBRE TODOS OS TIPOS DE ANIMAIS
     
Recomende: facebook | twitter | orkut | msn (contato@jeitoetalento.com)
 
 
 
CURIOSIDADES (JT)

CURIOSIDADES (JT)
 
    ANTERIORES - PRÓX. CURIOSIDADES    
  PÁGINAS << 01 ... 03 04 05 ... 06 >> MENU  
VEJA TAMBÉM...

menu jogos DJ MIXERPEPSI - PIMBALLBUSCA NA SELVA4D PIMBALLEMBAIXADASBOLA DE TENISBREAK DANCE5 ERROSINTERFACE ESPACIALESTILO LIVRESHOW DE LUZESDIFERENÇAS NAS CENASCÃES - SIMILARIDADESCAVALOS CANTORES6 DIFERENÇASEQUILÍBRIO

_anuncie_ __________ PORTAL __________ _anuncie_
_Piadas JT_sorria para vida, anedotas, o que é, o que é, adivinhas _Valdirart Design_design gráfico _Loja do Sidney_calçados, enxovais, confecções em geral _CSC Vasos_cerâmica artística e vasos ornamentais _Fotos Mais JT_as mais belas fotos selecionadas _Eletroserv_material e instalações elétricas em geral, alarmes e antenas _Valdirart Design_design gráfico _Fotos Mais JT_as mais belas fotos selecionadas

Painel Jeito e Talento Painel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e Talento

(www.enigmas.jeitoetalento.com)
(JT) (www.frases.jeitoetalento.com)