Lua_ +
  _Grife (((JT))) - vista seu Jeito e Talento       _Piadas Jeito e Talento                  
                 
  CURIOSIDADES DE MUNDO
CURIOSIDADES DE MUNDO
 
MUNDO, AEROPORTOS, AS SETE MARAVILHAS, ERA DO GELO, MEDIVAL, ANTIGO, MODERNO...

menu curiosidades DESCOBERTO NOVO PLANETAO PRIMEIRO SELO DO MUNDOA ERA DO GELO0S ANIMAIS DA ERA GLACIALAS SETE MARAVILHAS DO MUNDOOS AEROPORTOS MAIS PERIGOSOS DO MUNDOAS CIDADES MAIS QUENTES DO MUNDOAS SETE NOVAS MARAVILHAS DO MUNDO

RELACIONADOS: CURIOSIDADES RECEITAS FOTOS
 
 
01 - OS AEROPORTOS MAIS PERIGOSOS DO MUNDO _Portal Jeito e Talento_variedades _Valdirart Design_design gráfico
 

A revista National Geographic listou os 7 aeroportos mais perigosos do mundo. Nesses aeroportos. as pistas são cobertas de gelo, penhascos, praia e também regiões montanhosas.

Aeroporto de Svalbard, Noruega

O aeroporto comercial localizado mais ao norte do planeta fica no arquipélago de Svalbard e tem voos diários desde Oslo e Tromse. (Foto: divulgação).



+
Revista Jeito e Talento - Turismo e Lazer

_Fotografando JT

 
 

 
 


Aeroporto de Barra, Escócia
O aeroporto de Barra, localizado na praia de Traigh Mhor é o único do mundo a usar a praia como pista de pouso e decolagem.


Três pistas são marcadas por estacas de madeira em suas extremidades. Além das condições meteorológicas, os voos também são programados de acordo com a maré. (Foto: divulgação).

 
 


Aeroporto de Courchevel, França

Para chegar a uma das estações mais badaladas dos Alpes franceses, Courchevel, é necessário aterrissar em um dos aeroportos mais perigosos. A pista do aeroporto de Courchevel tem 520 metros de extensão e fica encravada nas montanhas nevadas da região. O pouso é, no mínimo, assustador. (Foto: divulgação).


 
 


Aeroporto de Paro, Butão

Apenas oito pilotos estão autorizados a pousar na pista do aeroporto de Paro, fincado entre as montanhas do Himalaia. (Foto: Bsboudreau/Flickr)(Foto: divulgação).


 
 


Saba, Antilhas holandesas

O Aeroporto Juancho E. Yrausquin fica na pequena ilha caribenha de Saba, nas Antilhas Holandesas. A pista tem apenas 400 metros de comprimento e está situada sobre uma ponta rochosa cercada por falésias e pelo mar. Somentes aviões de pequeno porte, que transportam no máximo 20 pessoas, podem aterrissar neste aeroporto. (Foto: divulgação).


 
 

Sea Ice Runway, Antártida

A pista de gelo da base Mc Murdo fica localizada na ponta sul da ilha de Ross. Ela é usada somente na estação da primavera. Durante o inverno, quando o clima impede os voos, e o verão, quando o gelo derrete, os pilotos usam outras pistas próximas. (Foto: divulgação).


 
 

Matekane Air Strip, Lesoto

A pista de pouso de Matekane, na África, é conhecida como a mais assustadora do mundo. Ela tem 400 metros de comprimento e termina em um precipício de 600 metros de altura. Lesoto é um pequeno país dominado por montanhas e tem poucos espaços planos para aterrissagens e decolagens. O aeroporto é utilizado, principalmente, por instituições filantrópicas que atuam na região.(Foto: divulgação).


 
  Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas VEJA O MOVIMENTO_enigmasJT
 
  DICIONÁRIO DE GÍRIAS, TERMOS E EXPRESSÕES DE FUTEBOL -_frases JT
Especial Jeito e Talento - Casamentos  
  ...Vizioli Imóveis = compra, venda, administração e locação = Vizioli Imóveis...
 
 
02 - DESCOBERTO NOVO PLANETA _Jogos Mais JT_os jogos mais divertidos _Eletroserv_material e instalações elétricas em geral, alarmes e antenas
 

 

" Um grupo de astrônomos descobriu a existência de um novo tipo de planeta, composto em sua maior parte de água e com uma leve atmosfera de vapor, indicaram nesta terça-feira o Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian (Cambridge, nordeste dos Estados Unidos) e a Nasa.
Trata-se de um planeta fora de nosso sistema solar denominado "GJ1214b", descoberto em 2009 graças ao telescópio espacial Hubble da Nasa, e que, segundo recentes estudos de um grupo de astrônomos, tem "uma enorme fração de sua massa" composta de água, indica um comunicado conjunto.

Em nosso sistema solar existem três tipos de planetas: rochosos e terrestres (Mercúrio, Vênus, a Terra e Marte), gigantes gasosos (Júpiter e Saturno) e gigantes de gelo (Urano e Netuno).
Por outro lado, existem planetas variados que orbitam em torno de estrelas distantes, entre os quais há mundos de lava e "Júpiteres" quentes.
"Observações do telescópio espacial Hubble da Nasa acrescentaram este novo tipo de planeta", ressaltaram o Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian e a Nasa em seu comunicado, onde explicam os

estudos realizados pelo astrônomo Zachory Berta e por um grupo de colegas.

O "GJ1214b", situado a 40 anos luz da Terra, é considerado uma "super-Terra", com 2,7 vezes o comprimento de nosso planeta e sete vezes seu peso.
Ele orbita a cada 38 horas ao redor de uma estrela vermelha anã e possui temperatura estimada de 450 graus Fahrenheit (232 graus celsius).

Em 2010, um grupo de cientistas liderado por Jacob Bean havia indicado que a atmosfera de "GJ1214b" deveria ser composta em sua maior parte por água, depois de medir sua temperatura.
No entanto, suas observações também podem ter sido feitas em razão da presença de uma nuvem que envolve totalmente o planeta.
As medições e observações efetuadas por Berta e por seus colegas quando o "GJ1214b" passava diante de seu sol permitiram comprovar que a luz da estrela era filtrada através da atmosfera do planeta, exibindo um conjunto de gases.
O equipamento do Hubble permitiu distinguir uma atmosfera de vapor e os astrônomos conseguiram calcular depois a densidade do planeta a partir de sua massa e tamanho, comprovando que tem "muito mais água do que a Terra e muito menos rocha".

www.curiosidades.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas

_Fotografando JT

 
 
  Revista Jeito e Talento - Portal ESPECIAL FUTEBOL_especiais JT
 
  ILHAS FASCINANTES DO MUNDO_fotos JT
Especial Jeito e Talento - Futebol  
  ...Eletroserv = material e instalações elétricas em geral, alarmes e antenas = Eletroserv...
 
 
03 - O PRIMEIRO SELO DO MUNDO _Vizioli Imóveis_compra, venda, administração e locação _Loja do Sidney_calçados, enxovais, confecções em geral
 

 

O primeiro selo do mundo, conhecido como Penny Black, surgiu na Inglaterra, em 6 de maio de 1840, dentro da reorganização promovida no serviço postal daquele país por Rowland Hill. Até essa data, o pagamento pela prestação do serviço de transporte e entrega de correspondências era feito pelo destinatário. A chegada do selo foi fundamental para o sucesso da reforma postal, que revolucionou os Correios no mundo inteiro.

Os primeiros selos do mundo têm como figuração a efígie (como a da Rainha Vitória, no Penny Black), o brasão ou a cifra.
O Brasil lançou seu primeiro selo em 1843 - a famosa série "Olho-de-boi" - e foi o segundo país do mundo a emitir selos. Seguiram-se os selos conhecidos como "Inclinados" (1844), "Olhos-de-cabra" (1850) e os "Olhos-de-gato" (1854).


Os primeiros selos comemorativos foram emitidos em 1900 e celebravam o 4º Centenário do Descobrimento do Brasil, mas somente em 1906 foram feitas emissões comemorativas com repercussão no exterior, sendo alusivas ao 3º Congresso Pan-Americano.
O primeiro carimbo comemorativo apareceu em 1904, em Curitiba, durante a "Exposição do Paraná", evento que comemorou os 50 anos da emancipação política do Estado.
Em 1920, foi criado o serviço aéreo, que teve selos exclusivos no período de 1927 a 1934.

O primeiro bloco comemorativo surgiu em 1938, em comemoração à 1ª Exposição Filatélica Internacional - BRAPEX, no Rio de Janeiro.
Até 1968, a grande maioria dos selos comemorativos brasileiros tinha impressão em uma só cor, com as mesmas técnicas e deficiências dos selos ordinários. Nesse ano, começaram a ocorrer melhorias significativas no processo de impressão, especialmente no que se referia ao tipo de papel, às técnicas utilizadas e aos mecanismos de segurança contra falsificações.
A partir da criação da ECT, em 1969, artistas plásticos e desenhistas promissores foram contratados para melhorar a qualidade das nossas emissões comemorativas e a Casa da Moeda foi reequipada para garantir uma impressão compatível com o novo padrão, dentre as providências que foram adotadas para incrementar a Filatelia.

Como decorrência da modernização em sua concepção artística, os selos brasileiros tornaram-se mais atraentes e competitivos, obtendo importantes prêmios internacionais. Destacam-se entre as emissões premiadas o bloco "São Gabriel Padroeiro dos Correios" (1973), o selo "Imprensa - Bicentenário de Hipólito da Costa" (1974), o selo "Dia Nacional de Ação de Graças" (1976), a série "Folguedos e Bailados Populares" (1981) e o bloco "Literatura de Cordel - Lubrapex 86" (1986).

Na Filatelia Brasileira merecem destaque, também, o primeiro selo do mundo com legendas em "Braille", emitido em 1974, e o segundo selo do mundo com imagens tridimensionais (holográfico), lançado em 1989.
Em 1996, outro importante marco no processo de diversificação e melhoria do design das emissões filatélicas: o Concurso "Arte em Selo", realizado por ocasião da 23ª Bienal de Arte de São Paulo, selecionou, dentre 3000 artistas, os 50 melhores para trabalharem no processo de criação dos selos brasileiros.

Em 1997, foram lançados produtos com nova concepção temática visual e tecnológica, como a folha de selos variados da campanha "Criança e Cidadania", e, para as máquinas de auto-atendimento, a cartela de selos auto-adesivos (série "Cidadania") e as etiquetas de franqueamento.

Com a proposta de sempre oferecer selos de significativo apelo temático e artístico, em 1998 a ECT lançou, entre outros, uma folha de selos sobre o tema EXPO'98 - Oceanos, e outra para homenagear a XVI Copa do Mundo, tendo como tema o Futebol-Arte, demonstrando que a Filatelia sempre está ao lado dos mais importantes acontecimentos do Brasil e do exterior.
Em 1999, importantes emissões foram lançadas, com destaque especial para a quadra alusiva aos "Parques Nacionais do Brasil - Prevenção a Incêndios Florestais", impressa em papel reciclado, com aroma de madeira queimada, visando conscientizar para a necessidade de preservar as riquezas do nosso meio-ambiente. Outra emissão que merece ser ressaltada é a que focalizou oito espécies de "Peixes do Pantanal - Aquário de Água Doce" que, além de forte apelo temático, representa a segunda emissão brasileira impressa com detalhes em holografia.

Em 2002, a ECT lançou o primeiro selo redondo brasileiro, dentro da emissão conjunta "Campeões do Mundo de Futebol do século 20". Os países que já ganharam a Copa do Mundo - Argentina, Alemanha, Itália, França, Uruguai e Inglaterra - participaram desse grande projeto filatélico, junto com os Correios do Brasil.}
Dando continuidade ao processo de diversificação, melhoria do design e utilização de inovações tecnológicas na produção filatélica , em 2003, foram lançados: o selo do Natal, no formato triangular e auto-adesivo, e o selo alusivo à luta contra o HIV/AIDS, no formato de coração. Em 2004, as principais novidades foram: a aplicação da retícula estocástica na emissão "Preservação dos Manguezais e Zonas de Maré", proporcionando efeitos de micropigmentação, e o recorte do selo de Natal, em formato de Papai Noel.

Fonte: ECT

www.curiosidades.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas

_Frases|frases jeito e talento

 
  Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas DICIONÁRIO DE GÍRIAS, TERMOS E EXPRESSÕES DE FUTEBOL -_frases JT
 
  CAMINHO DA FÉ _enigmas JT
Especial Jeito e Talento - Aniversários  
  ...Valdirart Design = design gráfico = Valdirart Design...
 
 
04 - A ERA DO GELO _Receitas JT_faça você mesmo e saboreie _Vídeos Mais JT_os vídeos mais legais
 

 

""O termo era do gelo (também idade do gelo, período glacial ou era glacial) é utilizado para designar um período geológico de longa duração de diminuição da temperatura na superfície e atmosfera terrestres, resultando na expansão dos mantos de gelo continentais e polares bem como dos glaciares alpinos. Ao longo de uma era do gelo prolongada ocorrem períodos com clima extra frio designados glaciações. Em termos glaciológicos, o termo era do gelo implica a presença de extensos mantos de gelo tanto no hemisfério norte como no hemisfério sul, e segundo esta definição encontramo-nos ainda numa era do gelo (pois tanto o manto de gelo da Groenlândia como o manto de gelo antártico ainda existem).
Coloquialmente, quando se fala dos últimos milhões de anos, "a" era do gelo refere-se ao mais recente período mais frio com extensos mantos de gelo sobre a América do Norte e Eurásia: neste sentido, a era do gelo mais recente atingiu o seu ponto alto durante o último máximo glacial há cerca de 20 000 anos.

Origem da teoria

A ideia de que os glaciares do passado haviam sido bastante mais extensos que os actuais era algo percebido pelos habitantes das regiões alpinas da Europa: Imbrie e Imbrie (1979) citam um lenhador de nome Jean-Pierre Perraudin falando a Jean de Charpentier sobre a antiga extensão do glaciar Grimsel nos Alpes Suíços[4]. Macdougal (2004) afirma que o primeiro a ter tal ideia terá sido um engenheiro suíço de chamado Ignaz Venetz, mas não foi apenas uma pessoa que teve esta ideia. Entre 1825 e 1833, Charpentier juntou evidências que apoiavam o conceito. EM 1836, Charpentier, Venetz e Karl Friedrich Schimper convenceram Louis Agassiz, e Agassiz publicou a hipótese no seu livro Étude sur les glaciers (Estudo sobre os glaciares) de 1840.Segundo Macdougal (2004), Charpentier e Venetz não concordavam com as ideias de Agassiz que ampliou o trabalho deles afirmando que a maioria dos continentes haviam antes estado cobertos de gelo.
Neste momento inicial do conhecimento, o que estava a ser estudado eram os períodos glaciais das últimas centenas de milhares de anos, durante a era do gelo actual. A existência de eras do gelo antigas era ainda desconhecida.

Evidências de eras glaciais

Existem três tipos principais de evidências de eras glaciais: geológicas, químicas e paleontológicas.
Geológicas: as evidências geológicas ocorrem sob formas variadas, incluindo abrasão, arranque e pulverização de rochas, morenas de glaciares, drumlins, vales glaciares, e a deposição de sedimentos glaciares e blocos erráticos. Glaciações sucessivas tendem a distorcer e apagar evidências geológicas, tornando-as difíceis de interpretar.

Químicas: este tipo de evidências consiste sobretudo de variações nas proporções de isótopos em fósseis presentes em sedimentos e rochas sedimentares, testemunhos de sedimentos marinhos, e para os períodos glaciais mais recentes, testemunhos de gelo. Uma vez que água contendo isótopos mais pesados tem um maior calor de evaporação, a sua proporção diminui em condições mais frias. Tal facto permite a construção de um registo de temperaturas. Porém, esta evidência pode ser afectada por outros factores registados pelas proporções isotópicas; por exemplo, uma extinção em massa aumenta a proporção de isótopos mais leves nos sedimentos e no gelo porque os processos biológicos usam preferencialmente isótopos mais leves, portanto uma redução da biomassa terrestre ou oceânica resulta num deslocamento repentino e biologicamente induzido do equilíbrio isotópico no sentido de existirem maiores proporções de isótopos mais leves disponíveis para deposição.

Paleontológicas: estas evidências consistem em alterações na distribuição geográfica dos fósseis. Durante um período glacial os organismos adaptados às temperaturas mais baixas espalham-se por latitudes mais baixas e organismos que preferem condições mais quentes tornam-se extintos ou são empurrados para latitudes mais baixas. Esta evidência é também difícil de interpretar porque requer (1) sequências de sedimentos cobrindo um longo período de tempo, em várias latitudes e que sejam facilmente correlacionáveis; (2) organismos antigos que sobrevivem durante vários milhões de anos sem alterações e cujas preferências térmicas sejam facilmente diagnosticadas; e (3) a descoberta de fósseis relevantes, o que requer muita sorte.

Apesar das dificuldades, as análises de testemunhos de gelo e de sedimentos oceânicos, mostrou a existência de períodos glaciais e interglaciais ao longo dos últimos milhões de anos. Estas análises confirmam ainda a ligação entre eras do gelo e fenómenos da crusta continental como morenas, drumlins e blocos erráticos. Assim, os fenómenos da crusta continental são aceites como boa evidência de eras do gelo anteriores quando são encontrados em camadas criadas muito antes do período de tempo do qual estão disponíveis testemunhos de gelo e de sedimentos oceânicos.
Durante os últimos milhões de anos houve várias eras glaciares, ocorrendo com freqüências de 40.000 a 100.000 anos, entre as quais se destacam:
Glaciação Donau - há cerca de 2 milhões de anos
Glaciação Günz - há cerca de 700 mil anos
Glaciação Mindel - há cerca de 500 mil anos
Glaciação Riss - há cerca de 300 mil anos
Glaciação Würm - há cerca de 150 mil anos

De fato, estaríamos em vésperas de uma nova Era Glacial, já que em média o planeta experimenta 10.000 anos de era quente a cada 90.000 anos de Era de Gelo. Devido à ação humana (principalmente através de atividades industriais e do desmatamento florestal), o planeta tem experimentado no último século um período de aquecimento cada vez mais acelerado, quando, a esta altura, já deveria estar iniciando sua fase de esfriamento para entrar em uma nova era do gelo. Se por um lado esse aquecimento global evitaria uma nova glaciação e seus característicos contratempos; por outro está provocando grandes desastres ecológicos como furacões e tornados, secas e queda na diversidade biológica. Além disso, o efeito do aquecimento global não representa um aumento de temperatura em todo o globo, mas sim na temperatura global média. Estudos de previsões dos efeitos desse aquecimento mostram que o derretimento das calotas polares por ele provocado, podem afetar as correntes marítimas, provocando longos períodos de forte glaciação no hemisfério norte, principalmente na América do Norte e Europa enquanto o hemisfério sul sofreria um forte aquecimento.
O impacto da atual civilização sobre o planeta é bem menor que o impacto de um meteoro, como aquele que supostamente provocou a extinção dos grandes répteis.

Causas dos períodos glaciais

As causas dos períodos glaciais não são totalmente entendidas. Acredita-se que diversos fatores são importantes, entre eles: a a composição da atmosfera; mudanças na órbita da Terra em torno do Sol conhecidas como ciclos de Milankovitch (e possivelmente a órbita do Sol em torno da galáxia); o movimento das placas tectônicas; variações da atividade solar; e o vulcanismo.

O Homem na Idade do Gelo

O ancestral humano deste período é denominado homem de Cro-Magnon, que convivia com espécies animais já extintas, como os mamutes, os leões-das-cavernas e os cervos gigantes, entre outros.

O ser humano dispersa uma infinidade de espécies pela superfície do planeta; plantas, animais domésticos, etc. Em zoológicos, parques, jardins domésticos, criações e plantações, espécies que nunca teriam saído por conta própria de suas origens só o fizeram pela ação da "mão" do Homem."

www.curiosidades.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte

_Fotografando JT

 
  Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte MEDALHISTAS DAS OLIMPÍADAS DE SOCHI 2014_fotos JT
 
  DICAS PARA SE FAZER UMA ESCULTURA EM AREIA_dicas JT
Especial Jeito e Talento - Aniversários  
  ...Burin Auto Center = pneus, alinhamento, balanceamento = Burin Auto Center...
 
...TODO TIPO DE CURIOSIDADES SOBRE MUNDO
     
Recomende: facebook | twitter | orkut | msn (contato@jeitoetalento.com)
 
 
 
CURIOSIDADES (JT)

CURIOSIDADES (JT)
 
    ANTERIORES - PRÓX. CURIOSIDADES    
  PÁGINAS << 01 ... 01 02 02 ... 02 >> MENU  
VEJA TAMBÉM...

menu fotos Pintura em MãosPintura Corporal de CarnavalBonecos Gigantes do carnaval de OlindaPintura Corporal CosplayCosplay - Fantasias de PersonagensBelas, Musas, Rainhas do CarnavalFantasias Criativas de CarnavalPintura Facial Infantil e FestasPassistas do CarnavalFantasias Curiosas de CarnavalDestaques do Carnaval menu fotografando

_anuncie_ __________ PORTAL __________ _anuncie_
_Sartori Informática_micros-cursos-internet à rádio _Vizioli Imóveis_compra, venda, administração e locação _Tendas Global_tendas, palcos, locação _Guardião - Segurança Eletrônica _Enigmas JT_treine seu raciocínio _Loja do Sidney_calçados, enxovais, confecções em geral _Vídeos Mais JT_os vídeos mais legais _Enigmas JT_treine seu raciocínio

Painel Jeito e Talento Painel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e Talento

(www.videos.jeitoetalento.com)
(JT) (www.dicas.jeitoetalento.com)