Lua_ +
  _Receitas Jeito e Talento       _Grife (((JT))) - vista seu Jeito e Talento                  
                 
  CURIOSIDADES DE SAÚDE
CURIOSIDADES DE SAÚDE
 
DOENÇAS, HOSPITAL,DORES, MEDICINA, MEDICAMENTOS, CIRUGIAS, REMÉDIO, ORTODONTIA...

menu curiosidades O QUE É DEDO EM GATILHO?A EFICÁCIA DO RISOBRUXISMOO QUE É REUMATISMO?O QUE É HANSENÍASE?NEURALGIA DO TRIGÊMEOCONJUTIVITEO QUE É BURSITEDOR NAS COSTASMÚSCULOS DO CORPO HUMANOPOR QUE TEMOS DUAS DENTIÇÕES E DE ONDE VÊM OS DENTES?O QUE É CÂNCER?AZIA - REFLUXO GASTROESOFÁGICODENGUE: CONHECER PARA EVITAR!SISTEMA NERVOSO: TUDO PARA O CORPO HUMANODOR E ESTALO NO JOELHOBROCÓLIS PODE PROTEGER O PULMÃO DE FUMANTES, DIZ ESTUDOCURIOSIDADES ODONTOLÓGICASCOMER MAÇÃ COM CASCA MULTIPLICA SEUS BENEFÍCIOS À SAÚDEO QUE É DISRITIMIA CEREBRALVARIZESESTALOS QUE NÃO CAUSAM DORSETE DORES QUE NÃO DEVEM SER MENOSPREZADASCÂNCER DE LARINGETOC - TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVOGASTRITEO QUE CAUSA O SOLUÇO?HÉRNIA DE DISCOPOR QUE O PÉ DORME?QUANDO POSSO FAZER O TESTE DA GRAVIDEZ?CISTOS NORMAIS DURANTE A GRAVIDEZCÂNDIDA NA GRAVIDEZPORQUE BOCEJAMOS?O FERRO DO NOSSO ORGANISMO É O MESMO DE UM CARRO?OS 10 SINTOMAS DA GRAVIDEZDOR E DORMÊNCIA NA MÃO DURANTE A GRAVIDEZALIMENTOS BONS PARA A SAÚDE E PARA A BELEZALEPTOSPIROSE: MUITO CUIDADO PARA NÃO ADQUIRIR ESSE MAL!TER APENAS UM TESTÍCULO IMPEDE A PROCRIAÇÃO?O QUE É GORDURA NO FÍGADODIFERENÇAS ENTRE O CÂNCER NA INFÂNCIA E NO ADULTOPEDRA NA VESÍCULAQUANDO SURGIRAM OS HOSPITAISMAL DE PARKINSONO QUE É LABIRINTITESOPRO NO CORAÇÃOO QUE ÉSÍNNDROME DO TÚNEL DO CARPO?PROBLEMAS DO NERVO CIÁTICODOR NA COLUNA DURANTE A GRAVIDEZCÁLCULO RENALPOR QUE AO COMER ALIMENTOS GELADOS A CABEÇA ÀS VEZES DÓI?O QUE É FASCITE PLANTARO SUSTO FAZ O SOLUÇO PARAR?O QUE É DEDO EM GOTA?GANHO DE PESO NÃO SIGNIFICA GANHO DE GORDURAO QUE É CATAPORA?DOENÇAS DAS LÍNGUAPARTES INÚTEIS DO CORPO HUMANOO QUE É COCCIX?O SIGNIFICADO DAS CORES DOS ALIMENTOSPRISÃO DE VENTRE - O QUE FAZER PARA EVITAR?OS SINAIS E O CÁLCULO DA OVULAÇÃOO QUE É ORTODONTIA?POR QUE, ÀS VEZES, O OLHO TREME?AS DOENÇAS DOS OLHOS!O QUE SÃO OS DENTES DO SISO?O QUE É A PRESSÃO ARTERIALO QUE É DERMATITE ATÓPICA?O QUE É CAXUMBA?SALTOS ALTOS: LINDOS E PERIGOSOS

RELACIONADOS: CURIOSIDADES RECEITAS FOTOS
 
 
25 - NEURALGIA DO TRIGÊMEO _Fotos Mais JT_as mais belas fotos selecionadas _CSC Vasos_cerâmica artística e vasos ornamentais
 

 

Neuralgia do trigêmeo, ou nevralgia do trigêmeo, provoca uma dor absolutamente inesquecível. É uma dor muito, muito forte que pega um lado da face, dura segundos e desaparece. O problema é que ela geralmente volta com grande intensidade, em intervalos de tempo variáveis.
A neuralgia do trigêmeo se distribui segundo três territórios especiais: a região frontal que toma a órbita ocular e parte do nariz (Imagem 1, representada por A), a região malar que se estende até a asa do nariz e parte do lábio superior (representada por B) e a região temporal que passa pelo lado do ouvido e acompanha a mandíbula ou maxilar inferior (representada por C).

A imagem 2 deixa ver os territórios de distribuição dessa dor vistos de perfil. O nervo do trigêmeo, um par de nervos cranianos, recebe esse nome porque tem três ramos (imagem 3): o ramo oftálmico, o ramo maxilar (acompanha o maxilar superior) e o ramo mandibular (acompanha a mandíbula ou maxilar inferior). Como vários outros nervos da face, é um nervo sensitivo que controla as sensações que se espalham pelo rosto. Por isso, a dor se distribui de acordo com o ramo acometido.

ENTREVISTA DO DR. DRAUZIO VARELLA COM O ESPECIALISTA DR. CLÁUDIO CORRÊA

Drauzio – O que faz surgir a neuralgia do trigêmeo?
Cláudio Corrêa – Apesar de já ter sido descrita antes de Cristo, a neuralgia do trigêmeo ainda continua provocando polêmica. Como prevalece na população mais idosa, acredita-se que a bainha de mielina que envolve os nervos se perca com o passar do tempo. É um processo degenerativo. Assim como um fio que perdeu a capa envoltória isolante, em determinado ponto ocorre uma descarga elétrica.

Portanto, a neuralgia do trigêmeo resulta provavelmente da perda da bainha de mielina que envolve o nervotrigêmeo e que, depois de perdê-la, pode sofrer descargas elétricas.

É assim que a explica o paciente que se refere a um choque, a uma dor semelhante a uma fisgada, a uma pontada num dos três territórios da face por onde passa o nervo trigêmeo.

Drauzio – Todos os nervos são encapados pela bainha de mielina. Essa camada que envolve o nervo é fundamental para que ocorra a condução do estímulo de forma harmoniosa. Por que essa dor atinge especialmente o trigêmeo?
Cláudio Corrêa – Essa é uma questão interessante. Vários outros nervos sensitivos que também perdem a bainha envoltória não têm o mesmo padrão de comportamento, ou seja, não provocam dores paroxísticas, agudas rápidas e sem aviso prévio. A única exceção é o nervo craniano chamado glossofaríngeo ligado à enervação na base da língua e na região do ouvido interno e que, às vezes, pode simular um pouco a neuralgia do trigêmeo porque também está num território próximo da face.

Drauzio – Existe alguma explicação lógica para esses episódios?
Cláudio Corrêa – Não existe explicação. É um fato relatado sem nada que possa explicá-lo categoricamente.

Drauzio – As pessoas que tiveram neuralgia do trigêmeo nunca mais esquecem da dor que sentiram.
Cláudio Corrêa – As pessoas são capazes de relatar com detalhes o dia e as circunstâncias do momento, mesmo que o episódio doloroso tenha ocorrido muitos anos antes. Aliás, a neuralgia do trigêmeo é considerada uma das dores mais violentas que afligem o ser humano. Talvez, por esse motivo, as crises nunca sejam esquecidas.

Drauzio – É uma dor mais forte do que a cólica renal?
Cláudio Corrêa – Na literatura, são citadas como violentas as dores do infarto do miocárdio, da cólica renal, de dentes, mas a neuralgia do trigêmeo é considerada a mais violenta das dores crônicas paroxicísticas e repetitivas e, às vezes, perdura por décadas.

Drauzio – Como evolui o quadro da neuralgia do trigêmeo?
Cláudio Corrêa – Em geral, o primeiro episódio é inesquecível e pode repetir-se numa freqüência extremamente variável de paciente para paciente. Às vezes, ocorre duas, três vezes por dia e em qualquer horário. Também é comum ouvir que, durante anos, as crises eram diárias, desapareceram por seis meses e depois voltaram com mais intensidade e freqüência.Portanto, a dor em fisgada, repetitiva, sem razão aparente que caracteriza a neuralgia do trigêmeo pode sumir por períodos longos, mas há o risco de que volte a manifestar-se mais freqüente, progressiva e intensamente.
Drauzio – Você disse que o curso da doença é variável. Algumas pessoas podem apresentar várias crises num dia, ou ter uma crise e só depois um intervalo de tempo que pode ser longo, ter outra. Quais seriam os casos mais representativos da doença?
Cláudio Corrêa – Na minha experiência, o histórico mais comum é de pacientes que referem dor há mais de dez anos. No começo, as crises tinham menor freqüência diária, mas foram progressivamente aumentando, mas quase todos apresentam intervalos em que não houve manifestação da doença.

Drauzio – Esses intervalos duram quanto tempo?
Cláudio Corrêa – O tempo varia muito. Pode haver meses ou anos de intervalo. O mais comum são os intervalos de semanas ou de poucos meses entre uma crise e outra. Intervalos de anos constituem as exceções.

Drauzio – Há casos em que o episódio é único, dura alguns dias, desaparece e nunca mais volta?

Cláudio Corrêa – Como sou neurocirurgião, geralmente recebo pacientes triados, que já passaram por neurologistas e por clínicos e não responderam ao tratamento conservador. Pacientes que tiveram um episódio isolado dificilmente chegam ao meu conhecimento. Acredito que um episódio isolado, que dure alguns segundos, embora provoque dor violenta, como se um fio elétrico desemcapado tivesse sido encostado na face, assusta o paciente, mas ele raramente irá procurar um profissional. É claro que a repetição da crise várias vezes num dia e em dias consecutivos o obrigará a buscar ajuda.

Drauzio – Esses episódios duram sempre apenas segundos?
Cláudio Corrêa – Essa é uma característica muito importante da doença. Às vezes, recebo no consultório uma pessoa dizendo que tem neuralgia do trigêmeo. Essa é uma das poucas ocasiões, na minha área, em que descrevo os sintomas da doença e deixo o paciente fazer o diagnóstico. Às vezes, ele ouviu falar que toda a dor na face é sinal de neuralgia do trigêmeo. Isso não é verdade.
Há várias outras causas para as dores na face. A neuralgia típica da face é uma dor constante que não segue o trajeto dos ramos do nervo trigêmeo. As disfunções da articulação temporomandibular podem até simular paroxicismo, um choque, mas provocam dor constante e a região fica sensível à palpação. Alterações na arcada dentária e alguns tumores raros também são causa de dor na face.
A neuralgia do trigêmeo tem esta característica: no intervalo entre uma crise e outra, mesmo que próximas, o paciente é absolutamente isento de sintomas. Ele tem a dor que dura segundos e não sente mais nada. O problema é que o intervalo entre uma e outra pode ser muito pequeno e, em alguns minutos, ocorrem vários episódios seguidos. Nesse caso, o paciente entra num estado de mal de crise.
A dor é tão violenta que o normal é ele dizer que dói sempre, dói demais para chamar a atenção do médico, mas na anamnese fica claro que se trata de uma dor que dura segundos. A proximidade entre uma crise e outra, porém, pode dar idéia de que se trata de um evento mais prolongado.

Drauzio – Os doentes sempre levam a mão ao rosto quando vem a dor?
Cláudio Corrêa – Sempre levam e para isso existe explicação. Quando somos picados por um inseto, qual é nossa primeira reação? Esfregamos o local porque isso estimula uma fibra nervosa mais grossa chamada beta que inibe o fenômeno desagradável. Na neuralgia do trigêmeo, os pacientes têm essa reação reflexa: levam a mão, apertam, seguram e alguns declaram que, apertando a região, a dor alivia. Se o alívio é completo, não temos condição de afirmar. No entanto, já foi observado que, quando a dor é paroxicística, o paciente pressiona a região afetada.

MAIORES INFORMAÇÕES
http://www.drauziovarella.com.br

Colaboração: Funerária Caliman (www.organizacaocaliman.jeitoetalento.com)

www.curiosidades.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte

_Dicas|dicas jeito e talento

 
  Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte PICADA DE BORRACHUDOS - O QUE FAZER?_dicas JT
 
  DICAS DE PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA_dicas JT
Especial Jeito e Talento - Futebol  
  ...Dicas JT_como fazer, como resolver...
 
 
26 - SISTEMA NERVOSO: TUDO PARA O CORPO HUMANO _CSC Vasos_cerâmica artística e vasos ornamentais _Valdirart Design_design gráfico
 

 

Certamente, todo mundo já ouviu falar em sistema nervoso. Sabe por que o motivo de tanta fama? Porque ele é a maior rede detectora e retransmissora de informações no organismo humano. Permite que o nosso corpo capte dados do meio externo (ambiente) e interno do organismo, processando essas informações e elaborando ordens (respostas) aos outros órgãos para serem cumpridas.

A divisão do sistema nervoso...
Nosso sistema nervoso é dividido em duas partes: na primeira, há o Sistema Nervoso Central (SNC), formado pelo encéfalo que, por sua vez, agrupa o cérebro, o cerebelo e o bulbo. Tudo isso fica protegido pelo crânio. Há também a medula espinhal, que é protegida pela coluna vertebral.
A segunda parte é o Sistema Nervoso Periférico (SNP), constituído por 31 pares de nervos que partem da medula espinhal e 12 pares que partem do encéfalo, conectando-se aos outros órgãos do corpo, assim como membros, pele etc.

Os neurônios...
Transmitem as informações na forma de impulsos elétricos. São células básicas e especiais, formadas por dois componentes: o primeiro é o corpo celular, onde está presente o núcleo e de onde parte um prolongamento mais grosso chamado axônio (transmite os estímulos nervosos); o outro componente são os dendritos (recebem os estímulos nervosos), que também partem do corpo celular, mas que são prolongamentos mais finos.
Apesar de existirem diferentes formas de neurônios, o modelo mais freqüente é o neurônio chamado multipolar.

A transmissão dos impulsos nervosos...
Os impulsos nervosos são transmitidos de um neurônio para outro ou de um neurônio para uma célula muscular por meio de uma área chamada sinapse, onde ocorre a liberação de substâncias chamadas neurotransmissores.
Tais substâncias estimulam os dendritos do neurônio seguinte ou órgãos efetores (músculos).

O Cérebro...
É o órgão onde está presente o que chamamos de consciência, de mobilidade voluntária e de inteligência. Por esse motivo é considerado como o centro nervoso mais importante do sistema.
O cérebro é dividido em duas metades: a direita e a esquerda. Na parte mais externa, há a córtex cerebral, que apresenta pregas e pequenos canais. Sua espessura varia de região para região. Essas diferentes regiões são também responsáveis por diferentes funções na região da fala, da memória, entre outras.

O Cerebelo...
É o coordenador dos nossos movimentos e equilíbrio do corpo. Sua estrutura forma arborizações denominadas Árvores da Vida.

A Medula Espinhal ou Nervosa...
Origina-se na base do crânio e continua na medula. Com o bulbo e a ponte, é responsável pelas atividades respiratória e cardíaca.

Bulbo e Ponte...
Estão localizados na base do encéfalo, separando-o da medula. São responsáveis por funções vitais como o controle da respiração e dos batimentos do coração.

Os cinco sentidos...

Sabemos que nosso corpo constantemente emite estímulos que precisam ser captados e interpretados. Os responsáveis por essa captação são chamados receptores. Mas, como são muitos os estímulos, nosso organismo apresenta modalidades sensoriais, os sentidos, que nos ajudam a interpretar esses estímulos. Os sentidos são:
Visão: é o sentido em que conseguimos reconhecer o mundo onde vivemos. Para isso, utilizamos os olhos que, acreditem, são capazes de captar 1,5 milhão de mensagens visuais. Os olhos captam as informações e o cérebro, como sempre, as identifica.

Audição: conseguimos nos comunicar graças à voz e à audição. O aparelho auditivo tem três partes: a orelha externa, a orelha média (caixa do tímpano, que abriga três minúsculos ossos chamados de martelo, bigorna e estribo) e a orelha interna, chamada labirinto, que abriga um líquido conhecido como linfa.

Tato: sabe aquelas sensações de dor, frio, calor e tantas outras? Pois é, tudo isso está ligado ao tato, que está também relacionado a todas as partes do nosso corpo, em especial, as mãos, que é por onde seguramos os objetos.
De tudo isso, a pele tem papel vital, pois ela transmite as sensações ao sistema nervoso central pelos nervos sensitivos.

Gustação: sentir sabores, essa é a função deste sentido. Mas isso não seria possível se não tivéssemos a língua, juntamente com outras partes da boca que possuem a característica de distinguir o gosto do que ingerimos. Entretanto, grande parte desse gosto nos alimentos é, na verdade, obtida por seu cheiro. Isso você saberá abaixo, no olfato.

Olfato: quando percebemos cheiros, estamos utilizando nosso olfato que, por meio do nariz, nos permite identificar uma infinidade de substâncias.

Colaboração: Cet Objetivo Tambaú (www.cetobjetivo.jeitoetalento.com)

www.curiosidades.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas

_Fotografando JT

 
  Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte PALAVRAS-CRUZADAS DE FESTAS E DANÇAS FOLCLÓRICAS_passatempos JT
 
  AFTA - TRATAMENTO CASEIRO_dicas JT
Especial Jeito e Talento - Carnaval  
  ...Vizioli Imóveis = compra, venda, administração e locação = Vizioli Imóveis...
 
 
27 - PEDRA NA VESÍCULA _Tendas Global_tendas, palcos, locação _Burin Auto Center_pneus, alinhamento, balanceamento
 

 

"O nome é pouco conhecido: colelitíase. Muitas pessoas podem estranhar se souberem que esta doença afeta cerca de 20% da população.

No entanto, ao conhecerem seus apelidos: pedra na vesícula ou cálculos biliares, lembrarão de imediato.

É que o distúrbio é responsável por boa parte dos atendimentos nos consultórios de doenças digestivas.

Muito embora o tratamento do problema dependa necessariamente da realização de uma operação de retirada da vesícula, modernas técnicas cirúrgicas tornam essa uma medida bastante simples.

A vesícula é um dos órgãos que compõem o aparelho digestivo do corpo humano. Ele tem a função de armazenar a bílis, que é produzido no fígado. “O órgão expulsa a bílis e auxilia na digestão das gorduras, principalmente”, esclarece o cirurgião Mário Toscano.

Por seu lado, a vesícula com cálculo não executa corretamente a sua função. “Assim que ela é estimulada, esses cálculos começam a se movimentar dentro da vesícula, às vezes são expelidas, promovendo uma inflamação, um processo obstrutivo, causando dor, vontade de vomitar, empachamento e vários outros sintomas”, salienta o médico.

As pedras na vesícula atingem, principalmente, as mulheres por questões hormonais, mas não é exclusividade do sexo frágil. A proporção é de quatro mulheres para cada homem na faixa etária reprodutiva, mas com a idade, esta proporção vai diminuindo, chegando a quase igualar entre os idosos.

Embora não se saiba com certeza quais são as causas do distúrbio, o certo é que são mais freqüentes em mulheres com mais de 40 anos, que tiveram muitos filhos, com excesso de peso e diabéticas.

Alimentos gordurosos

Segundo o cirurgião do aparelho digestivo Eduardo Akaishi, as pedras que se depositam na vesícula normalmente são formadas pela desproporção dos componentes da bile (líquido produzido pelo fígado, que auxilia na digestão dos alimentos, principalmente dos gordurosos), como o colesterol, fosfolipídeos e sais biliares.

“Há dois tipos de pedras: pigmentadas (bilirrubinas, de coloração negra) e as de colesterol (coloração amarelada), que são mais comuns, manifestando-se em cerca de 80% dos casos”, explica Akaishi, fazendo questão de ressaltar que a formação do cálculo de colesterol não tem nenhuma ligação com as taxas de colesterol no sangue.

A maioria dos portadores da pedra na vesícula não faz idéia de que possui o problema, pois 80% dos doentes não têm nenhum tipo de sintoma. Já os outros 20% podem apresentar dor, vômito e icterícia (pele e olhos amarelados como na hepatite).

“A ingestão de alimentos gordurosos pode desencadear as crises dolorosas em quem é portador de pedra na vesícula, mas não tem nenhuma influência na formação das pedras”, esclarece o especialista.

Alguns fatores favorecem a formação de pedras como o excesso de peso e de calorias ingeridas, predisposição genética, idade, paridade, longos períodos de jejum e pessoas que passaram por cirurgia do intestino ou estômago.

Cirurgias em 90% dos casos

É importante lembrar que, embora seja raro, o câncer de vesícula biliar pode ocorrer em pacientes que sofrem de colelitíase. De acordo com os especialistas, não há comprovação científica de que as pedras possam induzir ao câncer.

Então, quando se retira a vesícula é importante observar o exame microscópico da vesícula para assegurar que não existe nenhum tipo de lesão ou algum tumor já instalado.

“O tratamento pode ser cirúrgico ou com medicamentos que ajudam a dissolver as pedras, sendo o último procedimento atualmente em desuso pela pouca eficiência”, afirma Akaishi. A melhor forma de tratamento é a cirurgia em que a vesícula é retirada junto com as pedras.

O procedimento é rápido, varia de 30 a 60 minutos, e no outro dia o paciente tem alta hospitalar. O único cuidado nos primeiros dias é com a alimentação que deve ser controlada com refeições leves.

Como a vesícula biliar armazena a bile e a joga no intestino somente quando há necessidade, com a sua retirada o próprio fígado se encarrega de enviar o líquido digestivo.

Mesmo com o tratamento avançado, as pessoas podem prevenir as complicações da doença. As principais atitudes são não exceder o peso, evitar longos períodos de jejum, realizar exames de ultra-sonografia abdominal sempre que necessário e consultar um especialista após os 40 anos de idade, principalmente se há casos de pedra na vesícula na família."

www.curiosidades.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte

_Dicas|dicas jeito e talento

 
  Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte DICAS DE PREVENÇÃO DA DENGUE_dicas JT
 
  RIMAS DE AMOR_frases JT
Especial Jeito e Talento - Carnaval  
  ...Curiosidades JT_saiba tudo sobre tudo...
 
 
28 - BRÓCOLIS PODE PROTEGER PULMÃO DE FUMANTES, DIZ ESTUDO _Dicas JT_como fazer, como resolver _Sartori Informática_micros-cursos-internet à rádio
 

 

Um estudo conduzido nos Estados Unidos sugere que o brócolis pode ajudar a reduzir os danos causados nos pulmões de pacientes que sofrem de uma séria doença pulmonar geralmente associada ao fumo.

A equipe, da John Hopkins School of Medicine, em Maryland, acredita que um composto produzido pelo brócolis, o sulforafano, aumenta a atividade da proteína NRF2 - conhecida por ser um potente antioxidante e componente de defesa dos pulmões contra inflamações.
Composto produzido pelo brócolis aumenta a atividade de proteína de defesa dos pulmões contra inflamações.

Essa ação protegeria as células dos danos causados pela doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), normalmente causada pelo fumo e que engloba um conjunto de problemas pulmonares, entre eles a bronquite crônica e o enfisema.

Segundo o estudo, essa proteína aciona vários mecanismos que removem toxinas e poluentes que podem danificar as células pulmonares. "Aumentar a atividade do NRF2 pode levar à tratamentos úteis que previnem a evolução da DPOC", disse Shyam Biswal, que coordenou a pesquisa.
Efeitos
O estudo foi publicado na edição desta segunda-feira da revista científica "American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine". Para chegar aos resultados, os pesquisadores examinaram amostras de tecido dos pulmões de fumantes infectados e não-infectados pela DPOC para determinar os níveis de NRF2 nos dois grupos.

Quando comparados com fumantes que não sofriam da doença crônica, os pacientes de DPOC em estágio avançado demonstraram níveis muito menores da proteína. Por isso, os pesquisadores acreditam que tratamentos direcionados a aumentar os níveis de NRF2 podem atenuar os efeitos do estresse oxidativo provocado pela DPOC nos pulmões. Segundo o estudo, o sulforafano é capaz de restaurar os níveis reduzidos do NRF2 nas células expostas à fumaça do cigarro.

Tratamento
Pesquisas anteriores já haviam demonstrado que o mesmo composto encontrado no brócolis era capaz de reverter os danos causados pela diabetes aos vasos sangüíneos do coração. "Pesquisas futuras devem ser direcionadas ao NRF2 como uma nova estratégia para aumentar a proteção antioxidante nos pulmões e testar sua habilidade em melhorar a função pulmonar de pacientes com DPOC", disse Biswal.

Um porta-voz da Fundação Britânica dos Pulmões afirmou que o estudo é importante para mostrar o desequilíbrio entre oxidantes e antioxidantes nos pulmões. "Sabemos que o brócolis contém compostos naturais, mas por enquanto os estudos foram feitos apenas em laboratórios e são necessárias mais pesquisas para descobrir se pode produzir os mesmos efeitos em humanos", disse.

A doença pulmonar obstrutiva crônica foi considerada a quinta mais letal do Brasil, segundo dados recolhidos pelo Projeto Platino, que investigou a incidência da doença no Brasil em 2003. Segundo os dados, a DPOC provoca cerca de 270 mil hospitalizações anualmente, e é causa crescente de morte no país.

Fonte: http://cienciaesaude.uol.com.br / por FOL


Colaboração: Funerária Caliman
(www.organizacaocaliman.jeitoetalento.com)

www.curiosidades.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas

_Curiosidades|curiosidades jeito e talento

 
  Revista Jeito e Talento - Turismo e Lazer AFTA - TRATAMENTO CASEIRO_dicas JT
 
  REVISTA ENSINO, CULTURA E ARTE_revistas JT
Especial Jeito e Talento - Casamentos  
  ...Enigmas JT_treine seu raciocínio...
 
MEDICINA, MÉDICOS, HOSPITAIS, DOENTES, TRATAMENTOS, CÂNCER, CURAS, MILAGRES
     
Recomende: facebook | twitter | orkut | msn (contato@jeitoetalento.com)
 
 
 
CURIOSIDADES (JT)

CURIOSIDADES (JT)
 
    ANTERIORES - PRÓX. CURIOSIDADES    
  PÁGINAS << 01 ... 07 08 09 ... 18 >> MENU  
VEJA TAMBÉM...

menu fotos Modelos de Vestidos de DebutantesModelos de Lingerie NupcialModelos de Vestidos de CasamentoBicicletas e ModaTipos de Bonecas FashionModelos de Unhas DecoradasModelos de Bolos de Aniversário menu fotografando

_anuncie_ __________ PORTAL __________ _anuncie_
_Burin Auto Center_pneus, alinhamento, balanceamento _CSC Vasos_cerâmica artística e vasos ornamentais _Guardião - Segurança Eletrônica _Anuncie Aqui! _Piadas JT_sorria para vida, anedotas, o que é, o que é, adivinhas _Burin Auto Center_pneus, alinhamento, balanceamento _Guardião - Segurança Eletrônica _Guardião - Segurança Eletrônica

Painel Jeito e Talento Painel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e Talento

(www.cscvasos.jeitoetalento.com)
(JT) (www.frases.jeitoetalento.com)