Lua_ +
  _Grife (((JT))) - vista seu Jeito e Talento       _Revista Geral Jeito e Talento                  
                 
 
DICAS JEITO E TALENTO
  SAÚDE
SAÚDE
 
SAÚDE, PREVENÇÃO, HOSPITAL, MÉDICO, REMÉDIO, ORTODONTIA...

menu dicas CCOMO PREVENIR O DIABETESDICAS APÓS A CIRURGIA DE VARIZESCOMO TIRAR UM CISCO DO OLHOCOMO LIDAR COM A ENXAQUECA DURANTE A GESTAÇÃOCOMO CURAR A RESSACA NAS FESTAS DE FIM DE ANODICAS PARA DOAÇÃO DE ÓRGÃOS PARA TRANSPLANTEMEDIDAS SIMPLES PARA SE PREVENIR DA GRIPEDICAS PARA UMA ÓTIMA NOITE DE SONOCOMO TRATAR UMA CONGESTÃO NASALCOMO CONTROLAR A OLEOSIDADE DA PELEAFTA - TRATAMENTO CASEIRODICAS DE PREVENÇÃO DA DENGUEPICADA DE BORRACHUDOS - O QUE FAZER?COMO SE PREVINIR CONTRA LEPTOSPIROSECOMO TRATAR COCEIRA INTENSA NA PELECOMO AJUDAR DURANTE UMA CONVULSÃOCOMO PREVENIR AS DORES NOS JOELHOSDICAS DE PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA8

RELACIONADOS: CURIOSIDADES RECEITAS FOTOS
 
 
09 - COMO PREVENIR AS DORES NOS JOELHOS _Dicas JT_como fazer, como resolver _Eletroserv_material e instalações elétricas em geral, alarmes e antenas
 

 

"Das 187 articulações existentes no corpo humano, as articulações dos joelhos são as que trazem mais sofrimento. Ai vão algumas dicas de como melhorar e enfrentar o grande problema das dores nos joelhos.


Quase todas as atividades que realizamos sobrecarregam estas articulações, desde o simples caminhar até às actividades mais exigentes, como o exercício físico.

Diminua a carga exercida sobre o joelho:
O peso do corpo é o principal fator que causa os problemas nos joelhos. Só para ter uma ideia, cada quilo a mais no nosso corpo equivale a 6 vezes a tensão exercida sobre a zona do joelho. Por isso mesmo, preocupe-se em manter o seu peso regularizado, de forma a prevenir problemas graves nas articulações dos joelhos.

Não use aparelhos para proteger os joelhos:
Especialistas advertem para o perigo das protecções dos joelhos. Estes complexos e caros aparelhos são concebidos para casos muitos específicos, fazendo na maior parte das vezes, mais mal do que bem.

Experimente uma massagem calmante:
Existem loções para o joelho, à base de gaultéria por exemplo, que produzem calor, aliviando os sintomas, dando uma boa sensação de conforto ao joelho. Envolvendo o joelho numa faixa plástica, após a aplicação da loção, pode aumentar o calor produzido, sendo uma boa solução para prolongar o seu efeito. No entanto, há que ter cuidado para evitar possíveis queimaduras da pele ou possíveis irritações na mesma.

Use analgésicos:
O ibuprofeno é bastante recomendado pelos especialistas, pois reduz a inflamação dos joelhos e proporciona o alívio da dor, sem provocar problemas de estômago associados à aspirina. O acetaminofeno também poderá ser usado, mas contribui em menor escala para a redução da inflamação. Segundo estudos realizados, o ibuprofeno melhora significativamente a mobilidade articular em pessoas que sofram de lesões agudas dos ligamentos dos joelhos. Comparado à aspirina e ao acetaminofeno, o ibuprofeno é mesmo o melhor dos três.

Fortaleça o joelho com exercício físico:
O joelho é mantido na sua posição apenas pelos músculos e ligamentos. É por isso importante que se fortaleçam os músculos já que são eles a principal estrutura de suporte. Quem padeça de dor dos joelhos deverá fazer algum exercício físico, mesmo que o deteste, já que este exercício físico será menos doloroso que as próprias dores nos joelhos. Siga os exercícios que se seguem:

Reforçador isométrico do joelho:
Tal como dizíamos, o músculo quadricípite e o tendão da curva da perna são os músculos principais a fortalecer com o exercício físico. Para o primeiro, que está na parte anterior da perna, recomenda-se:

Sente-se no chão, com a perna do joelho afectado bem direita. Colocar um rolo, feito de uma toalha, sob a curva da perna e contrair os músculos desta, sem fazer movimentos do joelho. Manter a contracção durante pelo menos 30 segundos e relaxar o músculo. Repetir este exercício durante 25 vezes.

Elevação das pernas na posição sentado:
Para quem tem um ou ambos os joelhos fatigados recomenda-se o seguinte exercício:

Sente-se de costas contra uma parede, com uma almofada para apoio das costas. Encostando-se à parede está a garantir que os músculos das pernas assegurem o levantamento e ao mesmo tempo, que não surjam dores lombares. Nesta posição executar a contração isométrica descrita anteriormente, durante até 5 segundos. Erguer as pernas alguns centímetros acima do solo, voltando depois à posição inicial. Descontrair os músculos durante uma nova contagem até 5. Este exercício deve ser executado em 3 grupos de 10 repetições cada, não esquecendo da contagem até 5 para o ritmo de execução.

Auxiliar dos bicípites:
Aumentar a força nos joelhos, implica não só o fortalecimento dos quadricípite como também o fortalecimento dos músculos bicípites, que estão localizados na parte posterior das pernas. Convém manter o equilíbrio afim de exercitar os dois grupos.

Para fortalecer os músculos da parte posterior da perna, recomenda-se o seguinte exercício:

Deite-se de barriga para baixo com o queixo no chão. Colocar um peso nos tornozelos, por exemplo, uma toalha com uma ou duas pedras. Dobre as pernas, elevando os joelhos. Eleve a perna, propriamente dita, cerca de 15 a 30 centímetros do chão e volte a baixá-la, com uma paragem de movimento antes de tocar no chão. Repita o movimento com lentidão e firmeza. Repita 3 conjuntos de movimentos o mais confortavelmente possível. Se por acaso, algum dos exercícios provocar dor ou desconforto, deverá parar de imediato!

Alterar o ritmo e frequência do exercício físico:
Recomenda-se aos atletas com problemas crónicos nos joelhos, que alterem o nível de treino ou actividade diária. Se joga ténis, por exemplo, o estado dos seus joelhos tem vindo a piorar, o mais aconselhável é mesmo que largue o ténis e opte por outros desportos, como a natação, ciclismo ou remo, atividades que exigem menores esforços dos joelhos.

Piso de corrida menos duro:
Para os atletas, uma corrida realizada de uma forma errada poderá agravar em muito a situação dos seus joelhos. Alterar o calçado de corrida ou correr num piso mais macio, poderão ser duas grandes ajudas na prevenção ou melhoria do estado dos seus joelhos.

Faça “REGE COM ELE” quanto baste:
Após uma atividade que provoque dor nos joelhos, repouse de imediato a região com dor e aplique-lhe gelo e compressão, mantendo-a elevada durante mais ou menos 20 minutos. O acrónimo REGE COM ELE serve para lembrar estes procedimentos: RE para repouso, GE para gelo, COM para compressão e ELE para elevação.

Use gelo sempre que sentir dores:
Não subestime o poder do gelo, já que este é um fabuloso anti-inflamatório e é muito útil em variadas circunstâncias. O primeiro passo para o alívio da dor, deverá ser sempre o uso de gelo, durante 20 a 30 minutos.

Faça uso do calor:
Usar uma almofada com aquecimento antes de se iniciar uma actividade, caso não haja inchaço no local, poderá ser benéfico para a realização do exercício com menos dor. No entanto, caso haja ou possa vir a existir inchaço, o calor é algo a não usar.

Após a actividade física não é recomendado o uso de calor, já que este poderá intensificar alguma irritação que já exista no local da dor.

Use sapatos com um bom piso:
Uns sapatos em bom estado, amortecem com mais eficácia o choque numa corrida, protegendo o interior do joelho, o pé e a canela e até a anca e a coluna vertebral.

Para atletas que façam mais de 40 quilómetros semanais, aconselha-se a troca de sapatos de corrida de 2 em 2 ou de 3 em 3 meses. Para corredores que façam menos que essa quilometragem, é aconselhada a troca de sapatos de 4 em 4 ou de 6 em 6 meses.

Para os praticantes de dança aeróbica e para os jogadores de basquetebol ou ténis, praticantes durante 2 vezes por semana, pode trocar de sapatos ao fim de 4 a 6 meses. Para quem pratique 4 ou mais vezes por semana, recomenda-se novos sapatos ao fim de 2 meses.

O melhor exercício para as dores nos joelhos:
O ciclismo é um dos melhores desportos para manter a forma física e evitar esforços exagerados sobre os joelhos, quando executado com as devidas precauções, como o evitar muitas subidas ou mudanças pesadas na bicicleta. O ideal

O ideal na prática do ciclismo é o pedalar rapidamente em carretos cómodos, ou seja, de menor dimensão possível.

Aliviar a dor nos joelhos instantaneamente:
Poderá experimentar libertar-se da dor nos joelhos, fazendo deslizar a mão sobre o joelho e ao longo da face anterior da coxa, durante 7 a 8 centímetros e deslocá-la para dentro mais 5 a 10 centímetros. Com a cabeça do polegar, faça pressão firmemente para baixo, mantendo até sentir a descontracção do músculo. Após levantar o dedo, demora cerca de 30 a 90 segundos a surtir efeito.

Descontracção acima de tudo:
O exercício físico de qualidade é preferível que o exercício em quantidade, tendo em especial atenção aos movimentos de descontracção.

O principal do exercício físico é mesmo o aquecimento e a descontracção ou relaxamento. No mínimo deve utilizar cerca de 10 minutos para exercícios de distensão, com objectivo de descontrair ligeiramente os músculos. De seguida optar por exercícios aeróbicos, como a corrida lenta, no mesmo local, ou marcha. Depois estique-se no chão e tente contrabalançar o efeito dos repetidos esforços a que os joelhos foram sujeitos.

Um bom exercício de distensão, que pode ser usado após o trabalho por exemplo, é o seguinte:

Deitado de costas, puxe os joelhos até ao queixo. Depois estenda uma perna para cima, como se estivesse a empurrar o tecto com o calcanhar. Prolongar durante uma contagem até 10 e descansar de seguida. Repetir com a outra perna.

Se teve a jogar, por exemplo, um pouco de futebol e ouviu um estalido no joelho e ficou cheio de dores e se acordou com o joelho inchado e cheio de dores, ou com a pele ligeiramente descolorada ou com a perda de movimentos, poderá ter 3 tipos de lesões: rotura da cartilagem, rotura de ligamentos ou ambas.

O procedimento a seguir é colocar gelo no joelho e consultar o mais breve possível um médico."

www.dicas.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte

_Frases|frases jeito e talento

 
  Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte O QUE É LABIRINTITE_curiosidades JT
 
  O QUE É O QUE É..._enigmas JT
Especial Jeito e Talento - Futebol  
  ...Loja do Sidney = calçados, enxovais, confecções em geral = Loja do Sidney...
 
 
10 - COMO TRATAR UMA CONGESTÃO NASAL _Curiosidades JT_saiba tudo sobre tudo _Anuncie Aqui!
 

Resumo

Uma congestão nasal pode ter várias causas: um resfriado produzido por uma infecção viral, um quadro de alergia (rinite alérgica) ou uma sinusite, por exemplo. Conheça 11 soluções bem simples para evitar o mal-estar de respirar mal.

Passos:

1 -
Utilize descongestionantes inaláveis durante três ou quatro dias, respeitando o intervalo de aplicação recomendado pelo fabricante, para depois não ficar ainda mais congestionado quando o efeito passar.

2 - Consulte o seu médico para saber se você pode tomar descongestionantes por via oral. Esses remédios são contraindicados para determinados pacientes.


3-
Experimente inaladores mentolados para ver se eles aliviam o seu desconforto.

4 - Os antialérgicos só dão resultado se a congestão for causada por um quadro alérgico.

5 - Evite usar remédios que combinam vários tipos de substância, como analgésicos, antialérgicos e descongestionantes.

6 - Tome bastante líquido, para ajudar a tornar as secreções menos espessas.

7 - Se você não tiver tosse, nebulizações não farão efeito.

8 - Se o resfriado estiver acompanhado de tosse, faça nebulizações com soro fisiológico.

9 - Encha o banheiro de vapor, abrindo o chuveiro de água quente, e respire com a boca aberta entre cinco e dez minutos, de três a quatro vezes por dia.

10 - Ingerir vitamina C não reduz nem evita a congestão nasal.

11 - Não fume e evite permanecer em lugares onde alguém estiver fumando.

 



+
Revista Jeito e Talento - Ensino - Cultura - Arte

_Enigmas JT

 
  Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas CARROS E MOTOS 3D_fotos JT
 
  PALAVRAS-CRUZADAS DE FESTAS E DANÇAS FOLCLÓRICAS_passatempos JT
Especial Jeito e Talento - Carnaval  
  ...Eletroserv = material e instalações elétricas em geral, alarmes e antenas = Eletroserv...
 
 
11 - COMO TIRAR UM CISCO DO OLHO, (pedaço de unha também) _Valdirart Design_design gráfico _Vídeos Mais JT_os vídeos mais legais
 

 

"Um cisco ou quaquer outro corpo estranho no olho, podem entrar nos olhos e causar principalmente irritação e dor.

Primeiros Socorros

Faça com que seu filho incline a cabeça para frente e tente tirar os fragmentos que estejam na pele, assoprando sobre as pálpebras fechadas. Jogue água sobre as pálpebras e rosto para retirar todo o resto dos fragmentos. Cubra os olhos com uma toalha de banho molhada e procure um médico imediatamente. Não se deve esfregar os olhos.

Cuidados em Casa no Caso de Corpos Estranhos nos Olhos

1. Tratamento quando as partículas nos olhos são numerosas

Se existem muitas partículas nos olhos (tais como pó ou areia), limpe primeiro ao redor dos olhos com uma toalha molhada. A seguir, faça com que seu filho tente abrir e fechar os olhos repetidamente, enquanto você submerge este lado do rosto em um recipiente com água. Se seu filho é muito pequeno para colaborar, segure seu rosto para cima sob um fluxo suave de água corrente morna e lembre-se que as pálpebras devem ser mantidas abertas durante o processo.

2. Tratamento para o caso de existir uma partícula no canto do olho

Se a partícula está no canto do olho, retire-a com a ponta de um pano limpo ou com um cotonete umedecido.

3. Tratamento para o caso de existir uma partícula sob a pálpebra inferior

Se a partícula estiver sob a pálpebra inferior, puxe-a para fora apertando a bochecha e toque a partícula com um cotonete de algodão úmido. Se isto não funcionar, experimente jogar água sobre a partícula enquanto sustém a pálpebra para fora.

4. Tratamento para o caso de existir uma partícula sob a pálpebra superior

Se não conseguir ver a partícula, é provável que esteja sob a pálpebra superior (o lugar onde ela freqüentemente está quando não pode ser vista). Faça com que seu filho abra e feche os olhos repetidamente enquanto mantém a face submersa em um recipiente (por exemplo, forma de torta ou outro semelhante). Se isto não funcionar, puxe a pálpebra superior para fora e a coloque sobre a pálpebra inferior. Isto às vezes desaloja a partícula.

Procure o médico imediatamente se:

- Existir alguma partícula aderida ao globo ocular.
- O objeto golpeou o olho em alta velocidade (como por exemplo, um fragmento produzido por impacto de metal contra metal ou metal contra pedra).
- Estes procedimentos não eliminarem todo o material estranho que esteja no olho (quer dizer, continua a "sensação de areia nos olhos" ou dor).
- A visão não retorna à normalidade após descansar os olhos por uma hora.
- O objeto estranho foi extraído, mas o lacrimejamento e as piscadelas persistem por mais de 2 horas.
- Tiver outras perguntas.

PRIMEIROS SOCORROS: Enquanto espera que o médico examine seu filho, cubra os olhos com uma toalha molhada ou gaze para aliviar o desconforto."

OBS: Se cair um pedaço de unha em seu olho, não se desepere. Se der pra esperar .. corre pro médico... se não, olha pra baixo, e pisca bem rápido. Fica toda hora olhando no espelho pra ver se da pra tirar, se der, pode tirar com o dedo mesmo (bem lavado)."

www.dicas.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Turismo e Lazer

_Enigmas JT

 
  Revista Jeito e Talento - Turismo e Lazer RIMAS DE AMOR_frases JT
 
  O QUE É LABIRINTITE_curiosidades JT
Especial Jeito e Talento - Casamentos  
  ...Anuncie Aqui!
 
 
12 - DICAS APÓS A CIRURGIA DE VARIZES _Jogos Mais JT_os jogos mais divertidos _Frases JT
 

 

" Repouso
Após a cirurgia será colocada a meia antes da alta hospitalar.

Dependendo do caso será indicado um repouso de 24 horas (no leito) após a cirurgia. Em outros poderá retornar às suas atividades de trabalho 48 horas após a cirurgia ou até após 7 dias (quando submetida à retirada da veia safena). Mas, na maioria dos casos:

1º e 2º dia em casa: deitado, com meia elástica, com travesseiro baixo, levantar de 2/2 h para necessidades e para refeições, retirar a meia à noite para o banho e dormir com meia. Manter-se com ampla liberdade de movimentos no leito, fazendo exercícios (flexão e extensão dos tornozelos e joelhos).

3º dia: fora da cama, com meia elástica, de 2/2 h deitar por 20 minutos com os pés elevados +/- 15 cm em relação a cabeça.

Após o 4º dia: manter o uso da meia elástica (inclusive para dormir) até o 7º dia e após usá-la pelo período de 1-3 meses ou conforme recomendado, se tiver dor ou desconforto, repousar no leito por 20 minutos de 2/2 h.

Os cuidados pós-operatórios são semelhantes de uma pós-gestante (não é uma pessoa doente, apenas deverá tomar certos cuidados).

Importante é o paciente estar se sentindo confortável.

Dor
É natural um pouco de dor nos primeiros dias. Caso persista, deite, retire a meia e repouse por 30 minutos até 1 hora que deverá haver melhora. Caso a dor persista, contate o médico.

Meia
Para colocar a meia deverá OBRIGATORIAMENTE fazer um repouso deitado de 10 minutos na cama com as pernas elevadas encostando as nádegas próximas à parede e elevando totalmente as pernas num ângulo de 90°. Movimentar os pés num vai e vem (extensão e flexão) durante o repouso. Colocar a meia sem sair da cama. Este procedimento é MUITO importante para o pós-operatório

Deverá usar a meia continuamente (inclusive para dormir) nos primeiros 7 dias, retirando apenas na hora do banho. Após usará somente durante o dia.

Havendo inchaço dos dedos dos pés significa que não foi feito o repouso adequado. Deverá retirar a meia IMEDIATAMENTE e repetir os procedimentos de colocação.

Persistindo o problema contate o médico.

Banho
O paciente poderá tomar banho 24 horas após a cirurgia, tomando apenas cuidado de não esfregar no local operado.

Deverá secar-se com cuidado sem esfregar e NÃO mexer nos curativos de micropore que estão grudados junto à pele; trocará diariamente SOMENTE os curativos que estiverem com gaze, usando apenas gaze e micropore.

Curativos (micropores)

São como "pontos" estéticos. Se cair algum substituir por outro. Permitem ao corte "respirar" e isolam-no do meio ambiente para uma cicatrização melhor.

Serão retirados no consultório, no dia da 1ª revisão que devera agendar para 1 semana após a cirurgia (ligar para confirmar se já esta agendado). Na maioria dos casos, após 7 dias haverá retirada dos pontos e curativos.

Medicamentos
Tomará medicamentos através de receita fornecida na alta hospitalar. A cirurgia de varizes dispensa normalmente o uso de antibióticos.

Hematomas
Aumentam ate o 3º/4º dia da cirurgia e reduzem de 3-8 semanas. Após o retorno quando retiramos os micropores poderá fazer compressas com água morna e aplicar medicamentos que serão prescritos.

Alimentação

Alimantação normal, mas dê preferência aos líquidos, frutas e verduras (fibras).

Exercícios
Se possível usando a meia elástica. Evitar longos períodos em pé ou sentado.

Após 7 dias da cirurgia poderá fazer exercícios leves (caminhadas leves, bicicleta ergométrica sem peso e pedalando vagarosamente, ginástica para alongamento).

Exercícios moderados são liberados após 30 dias (natação não competitiva, ginástica de solo).

Exercícios pesados, mais intensos ou competitivas, somente após 60 dias.

Retornos para Revisões
As datas de retorno pós-operatório serão fornecidas na alta hospitalar. Normalmente o pós operatório imediato se dá 24 à 48 horas após a cirurgia. As demais serão em 7 dias, 1-2-3-6-12 meses. Deverá agendar com antecedência e cumprir rigorosamente, pois algumas orientações complementares poderão ser necessárias.

Cicatrizes
A cicatrização estará na dependência das características próprias e às vezes imprevisíveis da pele (predisposições individuais a manchas, cicatrizes hipertróficas, etc.). O paciente deverá seguir todos os cuidados pós-operatórios prescritos e possui grande responsabilidade para que se alcance o melhor sucesso da cirurgia.

O processo de cicatrização pode durar de 15 dias à 1 ano. Portanto, se algo estiver insatisfatório, juntos observaremos a própria natureza e trataremos o que precisar.

Sol
Proibido expor-se ao sol antes de 30 dias e somente será liberado após este período, após avaliação na revisão de 30 dias.

Após este período poderá expor-se antes das 10:00h e após as 16:00 h, usando filtro solar com FPS maior que 20. Enquanto houver alguma área com excesso de pigmentação ou avermelhada, não poderá bronzear-se.

Varicoses pós-operatórias
Apesar da cirurgia reduzir as varicoses alimentadas pelas veias nutridoras que são retiradas, poderá ocorrer a formação de varicoses nas áreas do trauma cirúrgico normal. Deverão ser esclerosadas nas revisões pós-operatórias.

Varizes Residuais
Quando feita minicirurgia, poderão alguns ramos mais difíceis, não serem removidos completamente. Nas revisões pós-operatórias serão retocados com minicirurgias com anestesia local. O procedimento é fácil e dispensa o repouso. O uso da meia é muito importante pois reduz as varizes residuais., uma vez que alguns ramos traumatizados com a cirurgia poderão sofrer processo de esclerosamento traumático se comprimidos adequadamente com a meia elástica. Serão verificadas nos retornos pós-operatórios. Importante: é preferível ao cirurgião e ao paciente deixar algum ramo secundário na pele do que traumatizar demais a pele para retirar o vaso o que freqüentemente origina manchas no local que podem ser definitivas.

Nódulos sob a Pele
Podem surgir pequenos nódulos endurecidos e pouco dolorosos sob a pele, os quais regridem espontaneamente ate 3/4 meses de cirurgia. São fibroses que se formam abaixo da pele, devido ao processo de cicatrização interno que está ocorrendo. Se necessário, fazer compressas com água morna.

Inchaço
Edema leve até o 3º mês de cirurgia especialmente nos casos onde foi feita safenectomia (retirada da veia safena) é normal. É controlado somente pelo uso da meia elástica.

Dor no local
É normal sentir discreta dor ou ardência no local da peridural, que pode perdurar por algum tempo, devido a cicatrização do ligamento que é transposto pela agulha. Não deixa nenhuma seqüela. Dúvidas poderão ser sanadas com o anestesista antes da cirurgia.

Aplicações para Varicoses
Geralmente inicia-se 2 semanas após a cirurgia, será relatado na 1ª revisão."

www.dicas.jeitoetalento.com.br



+
Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas

_Tendas Global|tendas palcos gradios

 
  Revista Jeito e Talento - Eventos e Festas O QUE É LABIRINTITE_curiosidades JT
 
  PALAVRAS-CRUZADAS DE FESTAS E DANÇAS FOLCLÓRICAS_passatempos JT
Especial Jeito e Talento - Futebol  
  ...Receitas JT_faça você mesmo e saboreie...
 
DICAS PARA CUIDAR BEM DA SAÚDE
     
Recomende: facebook | twitter | orkut | msn (contato@jeitoetalento.com)
 
 
 
DICAS JT

DICAS JT
 
    << 01 ... 02 03 04 ... 05 >> MENU  
VEJA TAMBÉM...

menu jogos ESTILO LIVREDJ MIXERCAVALOS CANTORESINTERFACE ESPACIAL4D PIMBALLCÃES - SIMILARIDADESBUSCA NA SELVADIFERENÇAS NAS CENASBREAK DANCESHOW DE LUZES5 ERROS6 DIFERENÇASEQUILÍBRIOBOLA DE TENISPEPSI - PIMBALLEMBAIXADAS

_anuncie_ __________ PORTAL __________ _anuncie_
GRIFE JEITO E TALENTO _Vídeos Mais JT_os vídeos mais legais _Tendas Global_tendas, palcos, locação GRIFE JEITO E TALENTO

Painel Jeito e Talento Painel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e TalentoPainel Jeito e Talento

(www.burinautocenter.jeitoetalento.com)
(JT) (www.receitas.jeitoetalento.com)